Os 7 planos de harmonização (1): os chacras (1)

Existem várias ciências que descrevem à sua maneira quais são os 7 planos de existência do ser humano. Na verdade, existem 12, mas apenas os seis primeiros são acessíveis a nós no plano material, enquanto o sétimo é apenas uma porta aberta para o mundo do invisível.

Na ciência dos chacras, onde cada centro é descrito de uma forma bastante documentada, existe uma outra interpretação dada por uma sabedoria, diremos, mais ocidental, que se resume em 7 palavras.

Podemos considerar que cada plano de existência (ou chacra) é como um andar pertencente a um edifício com terraço no topo. Através de uma simples metáfora, eu vou descrever o que realmente está acontecendo com aqueles centros de energia.

Chacra 1 – Este é o térreo e encontramos o que é normalmente encontrado neste nível: a porta da frente do prédio, mas também as saídas de emergência, a sala técnica (com o medidor elétrico) e as lixeiras. A sobrevivência material do edifício depende deste andar e seu símbolo é o dinheiro.

Chacra 2 – Este é o primeiro andar habitacional. Encontramos as primeiras famílias. Elas terão um comportamento bastante “tribal”, onde a tradição permanece muito forte. Esses moradores usam as escadas porque é mais rápido do que esperar pelo elevador, especialmente se estiver ocupado. Este é o andar onde a sexualidade e a reprodução ocorrem no quadro familiar. Seu símbolo é o sexo.

Chacra 3 – Este é o segundo andar habitacional onde, depois de ter resolvido os problemas de intendência e de família, buscaremos o poder. O poder de ser o que queremos ser. É um andar onde fazemos muito barulho, onde nos afirmamos e onde tentamos dominar os dois andares abaixo. Seu símbolo é o poder.

Chacra 4 – Este é o andar onde procuraremos ser reconhecidos por nossos valores humanos. Nesse nível, estamos mais próximos do céu (o terraço) do que os outros 3. Temos coração, bondade, uma forma de benevolência com os outros e aspiramos à paz porque os vizinhos do andar abaixo fazem muito barulho. Seu símbolo é o amor.

Chacra 5 – Este é o penúltimo andar e, diante da paz dos vizinhos de baixo e de cima, gostamos de falar, dizer coisas que, se possível, farão bem aos outros. Somos benevolentes, porém reclamar e vociferar de vez em quando é uma opção viável. O símbolo desse andar é o verbo.

Chacra 6 – Este é o andar de cima, onde o elevador para. Permite ganhar altura e recuo em relação aos vizinhos dos andares inferiores. Não tem vizinhos acima, apenas um terraço onde os anjos do céu vêm para conversar. Então, às vezes, ouvimos as suas conversas. Seu símbolo é a intuição.

Chacra 7 – Este é o terraço. Não há acesso direto, apenas um tipo de escadote pendurado no teto da escada de serviço. O acesso ao terraço é um privilégio, mas acidentes podem acontecer, pois não tem grade e a vista pode dar vertige ns!

Em resumo, nesta breve descrição, você acabou de descobrir os 6 andares com os quais jogamos todos os dias. Um pequeno desenho lhe mostra a localização física desses chacras.

O elevador sai do térreo para levar os inquilinos do 1º ao 6º andar e sua cabine técnica fica no terraço, no 7º andar.

O guarda do prédio, por motivos de segurança, geralmente vive no 1º andar ou no térreo.

Agora me permitem uma pequena digressão para dar a César o que é de César. Você conhece um certo Maslow, sabe aquele psicólogo que “inventou” a famosa pirâmide de Maslow que é ensinada em todas as escolas de administração do mundo.

Bem, ela se inspira disso. Nível 1 – sobrevivência física, nível 2 – sobrevivência da espécie, nível 3 – afirmar-se, tornar-se um líder, nível 4 – ser reconhecido, nível 5 – divertir-se e nível 6 – realização pessoal. Então, vamos restabelecer a verdade?

Será que essa verdade tão óbvia para os professores, que gabam que foi descoberta por um cientista (e, além disso, um psicólogo), foi na verdade hackeada, copiada de uma filosofia, um ensinamento que data de milhares de anos? Bom, o homem moderno está muito acostumado com a sua própria incoerência…

Voltando para o assunto, com um toque de psicologia primária, os três primeiros chacras correspondem ao plano material “sólido” (da virilha ao diafragma). É aqui que se encontra tudo que é relacionado à reprodução, à digestão e à energia que alimenta o corpo. Em suma, tudo que está e relação com o denso, o pesado, a matéria.

Então, veja só, quando pegamos o simbolismo desses 3 níveis, temos o dinheiro, o sexo e o poder. Estes são os 3 principais ingredientes que compõem os negócios sujos do nosso mundo. E sabe-se que, quando temos o poder, controlamos o dinheiro (e vice-versa), o que nos permite sustentar algumas dançarinas exóticas.

Então os dois outros andares, os chacras 4 e 5, pertencem ao elemento ar porque ficam na caixa torácica. O coração fornece a emoção, daí a relação direta entre bloqueios emocionais e capacidade respiratória.

Quanto mais um indivíduo tiver bloqueios emocionais, mais seu diafragma será contraído. Isso resultará em uma capacidade respiratória muito diminuída, que acontecerá principalmente na parte superior do tórax. Daí uma respiração ridícula, resultando em uma redução da alimentação do cérebro, que, por sua vez, gerará um nervosismo deplorável. E isso também terá o efeito de bloquear as energias do plexo solar, no chacra 3.

O Ocidental, completamente preso na sua mente, é a própria expressão de quem não consegue respirar. É por isso que de vez em quando você respira fundo e acaba soltando um profundo suspiro. É também neste nível que o riso (que faz o diafragma vibrar) permite relaxar e melhorar sua saúde.

É tudo muito claro e óbvio, mas é simples demais para ser ensinado pelo sistema da Educação Nacional. Então, se tivermos um bom sopro, parece óbvio que no chacra 5 (a garganta) nossa voz será muito mais potente. Assim, você pode entender que respirando bem, você está naturalmente mais relaxado, mais calmo, mas também mais poderoso na hora de se expressar.

O cúmulo é ver um esportista dar uns tragos depois do esforço. Os inquilinos do último andar ficam então completamente embaçados, o que os força a andar com velocidade reduzida. A prova é que as pessoas dizem que fumar as acalma. Isso indica que o cérebro está em marcha lenta.

Não tem segredo, a mecânica humana é tão bem feita que se deveria dar aulas de fisiologia junto com aulas de linguagem comportamental. Só com isso, ganharíamos 10 ou 15 pontos de QI.

Apenas o suficiente para tornar um indivíduo médio em um indivíduo brilhante. Claro, não seria necessário para levá-lo até a iluminação, mas o suficiente para melhorar seu dia a dia, sua saúde e sua compreensão do universo ao seu redor. Então, imagine se ele pudesse respirar melhor, quantos pontos suplementares ele ganharia! E eu nem vou falar dos benefícios para o seu QE (Quociente Emocional).

O 6º chacra só pode funcionar corretamente quando os vizinhos de baixo fazem o seu trabalho corretamente. Nesse sentido, se um indivíduo está comendo corretamente, tem uma sexualidade satisfatória, um ego equilibrado, emoções positivas e uma respiração ampla, então seu cérebro funcionará na potência máxima.

Então, ele provavelmente falará menos besteira, conversará com mais suavidade e pronunciará palavras benevolentes, e assim obterá ainda mais poder, dinheiro, sexo e ego. É um final feliz, não é?

Mas ainda não acabou: eu deixei o melhor para o próximo artigo. Então, eu vou manter você em suspense até a próxima vez onde eu explicarei como harmonizar-se com os 7 planos de existência.

Sádico, eu? Não, só um pouquinho brincalhão…

Laurent DUREAU

Artigo seguinte: Os 7 planos de harmonização (2): os chacras (2)

Artigo originalmente publicado no blog Booster Votre Influence no dia 25 de abril 2008 e atualizado no blog 345D no dia 18 de julho 2012. Traduzido do francês.

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*