Os 7 planos de harmonização (3): a Merkaba

No artigo anterior, vimos que os 7 planos de existência são alternadamente masculinos e femininos. Esta distribuição vertical das energias nos primeiros 6 chacras é devida a um outro movimento mais geral.

De fato, existe um outro movimento vertical com as duas polaridades aninhadas. Este movimento é causado pela ativação do que é chamado de Merkaba, ou veículo de luz em outros ensinamentos.

“Mer” significa Luz. “Ka” significa Espírito e “Ba” significa Corpo. A definição da Mer-Ka-Ba é, portanto, o corpo/espírito que é luz. Sua finalidade é transportar o corpo/espírito de uma dimensão para a outra, daí seu outro nome de veículo de luz.

A Merkaba consiste em 2 tetraedros (pirâmide com base triangular) aninhados um dentro do outro no mesmo eixo vertical (em vermelho).

Visto de outro ângulo, a Merkaba tem 8 vértices e se insere dentro de um cubo perfeito.

Na origem, tem a esfera (aspecto feminino – a vibração) na qual vem se inserir um cubo perfeito (aspecto masculino – o espírito).

Em resumo, e para retomar as minhas analogias dos artigos anteriores, aqui está uma outra representação que lhe dará uma outra perspectiva.

 

 

Esta Merkaba está obviamente em movimento, pois no universo tudo gira em volta de algo. No caso do ser humano, o conjunto girará como um, seja para a esquerda ou para a direita.

Para uma mulher, a Merkaba gira da direita para a esquerda enquanto para o homem é da esquerda para a direita. De fato, é assim que o sexo físico dos indivíduos é determinado.

Assim, por exemplo, quando um homem está de frente com uma mulher ou de mãos dadas, quando caminham, suas Merkabas respectivas, embora girando em direções opostas, dão energia uma para a outras.

É como duas engrenagens. Cada uma delas tem seu eixo e, quando estão engajadas, vão na mesma direção enquanto girando em sentidos opostos. É a magia “energética” que faz com que dois indivíduos do sexo oposto gostem de ficar juntos ou procuram ficar juntos.

O tetraedro vermelho é o das energias femininas e o azul das energias masculinas. Quando os dois giram na mesma direção de um bloco só, isso dá uma mulher ou um homem.

No caso em que um dos tetraedros gira em uma direção e o outro na outra, estaremos lidando com uma pessoa hermafrodita, simplesmente. Por exemplo, o tetraedro vermelho lhe dará atributos femininos, os seios, enquanto o tetraedro azul, na base do corpo, lhe dará um sexo masculino.

Esta é a razão pela qual os hermafroditas geralmente não podem se reproduzir, e é também a razão pela qual eles eram vistos como deuses por todas as culturas avançadas. Eles não são nem homens nem mulheres, mas a síntese perfeita dos dois.

Imagine o equilíbrio perfeito das energias, mas também os poderes insuspeitados que isso dá. Infelizmente, as religiões ocidentais muito castradoras em relação ao sexo (que é apenas para se reproduzir e não para sentir prazer, lembra?) fizeram tudo para que esses deuses em potência fossem totalmente banidos.

Isso ocasionou, e ainda ocasiona, terríveis sofrimentos de identidade para esses seres dilacerados por essa diferença física. Embora certos tenham se mutilado fisicamente para serem aceitos, isso não impede que, energeticamente, eles não estejam nem em um campo, nem no outro!

Chegará um dia em que reconheceremos o hermafroditismo como o estado que vai além da limitação dos seres sexuais.

A velocidade de rotação da sua Merkaba é diretamente proporcional à rotação dos seus chacras. A velocidade destes é definida pelos seus bloqueios internos. Quanto mais freios você tiver por dentro (problemas não resolvidos, medos recorrentes) e mais fraco será o seu corpo energético.

A vitalidade de um corpo de energia (em outras palavras, a sua saúde) é diretamente dependente do que você inflige ao seu corpo físico (alimentação desnaturada ou até mesmo morta, emoções bloqueadas, tensões nervosas, vida desordenada, etc.).

Através do pensamento certo, da emoção certa e da ação certa, você se permite estar em acordo com você mesmo, eliminando todos os freios que encontrar, todas as resistências desnecessárias graças à sua entrega e fluidez diante dos eventos.

Pela simples ação de limpeza nos diferentes planos, você permite que a sua bobina gire cada vez mais rápido. Então você melhora não só a sua saúde, mas também o seu carisma, porque você simplesmente aumenta a potência do seu campo magnético.

Mas para isso, você terá que caçar a menor dissonância, a menor pedrinha que impede você a estar centrado em si mesmo, a ficar no seu eixo. Quando a sua mente, o seu espírito, está centrado (você está em paz), você se torna um sol observando os planetas girarem em torno dele.

Quanto mais centrado estiver, mais seu dínamo interno ganhará em velocidade e, portanto, em potência. Esse poder invisível para os olhos será profundamente percebido por todas as pessoas que cruzarão seu caminho, sem exceção.

E então, quando sua Merkaba se aproximar da velocidade da luz, você começará a poder visitar outras dimensões. É por isso que a Merkaba é o nosso veículo de luz. É uma nave interdimensional!

Até que você tenha feito uma limpeza suficiente dentro de você para descobrir essa capacidade, eu sugiro que você em primeiro lugar não sobrecarregue o seu corpo com as inumeráveis ​​porcarias que o ser humano médio engole todos os dias, tanto pela boca como pelos olhos e ouvidos.

Os iniciados sabiam disso; é por isso que a pureza sempre era uma das suas regras fundamentais para poder descobrir os potenciais gigantes contidos nos diferentes corpos de energia, escondidos nesse corpo de matéria.

Viver plenamente seus potenciais significa trabalhar com os 6 primeiros planos, como indicado no artigo anterior. A harmonia não é nada mais que a emissão da nota certa em cada plano de quem realmente somos. O resto chegará naturalmente.

Enquanto isso, não hesite em dançar com seu parceiro ao som de músicas como a valsa ou qualquer outra dança que faz girar os corpos. E se cansar, terminará a noite com uma dança lenta abraçadinha antes de compartilhar suas diferenças no plano físico…

Agora, senhores, vocês sabem porque as mulheres gostam tanto de dançar. O movimento rotativo as equilibra e permite que você depois explore o movimento linear. A vida é tão simples quando você conhece seus princípios fundamentais!

Laurent DUREAU

Artigo anterior : Os 7 planos de harmonização (2): os chacras (2)
Artigo seguinte: Os 7 planos de harmonização (4): a relojoaria cósmica

Artigo originalmente publicado no blog Booster Votre Influence no dia 4 de junho 2008 e atualizado no blog 345D no dia 18 de julho 2012. Traduzido do francês.

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*