Os 7 planos de harmonização (7): a fusão das energias

Você vai dizer que é sempre fácil, quando se fala do assunto da dualidade nos 7 planos de harmonização, da polaridade, do mundo dual, tomar como o exemplo o homem e a mulher.

Agora, qual é o maior problema entre essas duas polaridades incarnadas senão conseguir ficar em sintonia um com o outro, em coerência, para chegar à fusão, muitas vezes ilusória, porém muito procurada por ambos os parceiros?

Primeiro, eu quero deixar algo bem claro desde já. O sexo do indivíduo não tem nada a ver com a fusão à qual essas duas pessoas podem chegar. O sexo só tem a ver com a reprodução biológica de um corpo humano.

Duas pessoas do mesmo sexo terão maior probabilidade de chegar à fusão juntas do que os heterossexuais, pela simples razão que a relação delas não tem absolutamente nada a ver com a reprodução. Além disso, a fusão não necessariamente exige relações sexuais.

Pessoas de diferentes idades e culturas podem experimentar o estado de fusão apenas segurando a mão uma da outra. E isso explica-se simplesmente graças a um bom entendimento da teoria da reencarnação.

Mais de um século atrás, essa teoria era completamente rejeitada pelos Ocidentais, totalmente martirizados por séculos/milênios de obscurantismo religioso. É por isso que estou chamando-a de “teoria”: para muitos, é isso que ela ainda é.

Porém, depois de muitas experiências, constatações e reflexões, verifica-se que não é mais somente uma teoria. É como a fotossíntese: nossos ancestrais podiam dizer que era um mito absurdo, mas agora ninguém se arriscaria a dizer que a fotossíntese é um dos caminhos impenetráveis ​​do Senhor.

É o mesmo para a reencarnação. Essa última explica um mecanismo simples, mas que é infelizmente visto como uma religião por alguns. E é verdade que algumas culturas, e especialmente a hindu, são particularmente prejudicadas por uma noção de carma que poderíamos deixar de lado sem ficar tristes.

Mas quando você estuda outras culturas “indígenas”, percebemos que no mundo todo fala-se disso, exceto nas culturas ocidentais. Estranho, não é?

Bem, voltando à vaca fria e excluindo por hoje o aspecto cármico, o conhecimento dos 7 planos de harmonização permite que cada indivíduo floresça, mas também lhe permite acelerar o movimento quando ele “trabalha” com um parceiro.

Uma máquina biológica dando impulso a uma outra máquina biológica dá acesso a uma potência inacessível quando estamos sozinhos. Acreditar que ficando lá em cima da sua montanha, sozinho, você chegará ao objetivo mais rápido é uma ilusão que levou muitos monges e freiras a não somente comer terra, mas também a morrer em vão.

Por outro lado, uma freira com um monge, isso tem mais chances de agradar os deuses! A energia masculina e a energia feminina devem partilhar uma com a outra para recriar a unidade original. O ato sexual não é sempre necessário, mas as vezes ajuda!

De fato, qual é a energia mais poderosa da Terra? É a energia sexual porque sem ela ninguém estaria vivo nesse mundo! Qualquer forma de vida, seja ela qual for, precisa se reproduzir sob pena de desaparecimento, mas especialmente de viver em vão!

Eu sei que na nossa época nós fazemos muitas coisas inúteis, mas somos os únicos a fazer isso. Nenhum animal ou outra forma de vida está perdendo seu tempo desenvolvendo algo inútil.

Aliás, qualquer biólogo que se preze sabe que o corpo odeia o que é inútil. Então, um neurônio que fica coçando um umbigo acaba no lixo! É a mesma coisa para uma fibra muscular, porém é impossível para as gorduras ruins.

Nossa comida é tão adulterada que até mesmo o bom Senhor não conseguiu prever as idiotices que íamos fazer e que o corpo ia ter que aguentar. Está bem claro que estamos longe de respeitar as especificações iniciais. Para se convencer disso, basta olhar ao nosso redor, agora que a ciência decidiu que ela tem o direito de fazer tudo e qualquer coisa!

Apesar dos nossos corpos doentes (eu não conheço ninguém que não tenha algum problema…), é possível conhecer o grande Amor porque, felizmente, o estado de unidade (que associamos à fusão) não depende apenas do corpo físico.

Ufa, finalmente uma boa notícia! No entanto, como o corpo físico/biológico é o nosso principal suporte de encarnação, é preferível que haja a menor quantidade possível de disfunções.

Nos artigos anteriores, eu acho que eu mencionei a relação das diferentes partes do corpo com os 7 planos de harmonização. De fato, nosso corpo é um foguete de 7 andares e cada andar possui uma correspondência física.

Não podemos esquecer de que estamos encarnados nos 7 planos simultaneamente. Portanto, existe necessariamente uma correlação física entre as propriedades herdadas e o estado de saúde dos órgãos em questão.

Claro, quando você come um bife, você espera dar força para os seus músculos. E quando você come um prato de miolos moídos, você secretamente espera melhorar sua inteligência …

Se esse instinto parece lógico, isso não impede que seja uma falsa boa ideia acreditar que, comendo animais, a pessoa se torna mais forte. Na realidade, é totalmente o oposto, mas estamos tão convencidos disso que o prazer que sentimos na hora de comê-lo silencia a Pequena Voz que berra e protesta… (Se ela ainda possuir cordas vocais!)

Nossas crenças nos levam à morte, e é por isso que morremos prematuramente, e em bônus com todas as doenças do mundo. De acordo com as últimas pesquisas, os micróbios e os vírus estão ficando cada vez mais em forma e todos os dias nascem novas espécies!

E se alguns homens comem outros homens, não é porque eles estão com fome! É simplesmente para obter seu espírito, suas qualidades, sua força, sua coragem, etc. É verdade que, instintivamente, não gostamos muito dos antropófagos, mas não é algo cultural: é principalmente porque não gostamos de imaginar uma parte da nossa alma misturada com a deles.

Estamos cansados ​​de estar em uma prisão (nosso corpo), é verdade, mas ficar preso em outros corpos que não nos pertencem, isso é realmente intolerável! Além disso, nosso corpo desenvolve uma reação característica ao fenômeno!

Vou deixar esse assunto de lado, mas posso lhe dizer que basta olhar para a condição da sua pele e os cheiros do seu corpo para diferenciar os vegetarianos dos outros.

Assim, pode-se dizer que sua dieta influenciará muito sua capacidade a fusionar, primeiro com você mesmo e também com uma outra pessoa. Eu até diria que esse aspecto é crucial.

Na sua opinião, você acha que uma gasolina diluída com água, óleo ou qualquer outro ingrediente pesado fará seu carro funcionar melhor? É o mesmo com o seu corpo. Se o combustível inicial for de má qualidade ou simplesmente muito poluído, não se poderá esperar chegar ao sétimo céu porque a colocação em órbita do foguete será impossível.

A palavra “amor” virou uma trapalhada bem conveniente, e tem uma outra palavra que também pertence à mesma família. Esta é a palavra “orgasmo”. Palavra mágica por excelência que faz todo mundo sonhar, sua realidade vai do zero ao infinito.

Existem tantos tipos de orgasmo quanto planos de harmonização. Então, quando começamos a sonhar com o 7º “céu”, é porque geralmente é difícil ir além dos primeiros andares. Para alguns, o orgasmo é assimilado a um bom jantar com um bom vinho!

Sem cair no cinismo, podemos dizer que esse tipo de pessoa fusiona com as coisas que ingere. Então vemos que existe uma grande correlação entre a alimentação e o amor. Não convidamos o parceiro para comer e tomar uns copos de alguma coisa antes de deixar outros impulsos se tornarem realidade?

Então eu vou simplesmente, a pedido de algumas leitoras, descrever com mais precisão, em uma outra série de artigos sobre os planos de harmonização, o que abrange as noções de amor, orgasmo, fusão, sentimentos e emoções para cada dos 7 planos.

É claro que quando a luz estiver acesa em cada andar do foguete, será mais fácil para você divertir-se neste estado de gravidade zero, além dos mundos conhecidos, naquele espaço que chamamos de Consciência da Unidade.

Deixar o mundo dual para reencontrar sua característica original requer alguns esforços, muita atenção e, acima de tudo, uma intenção sem falhas. Eu já expliquei aquele processo em detalhe no artigo “O poder supremo do ser humano”.

Se tivesse que fazer um resumo, seria que a nossa encarnação na Terra tem por único propósito nos fazer redescobrir nosso estado original. Mandar-nos para a escuridão da noite para determinar e entender melhor o que é o dia, a luz do dia.

Estamos aqui na Terra para “orgasmar” em todos os lugares, o tempo todo e com todas as formas de vida. Começa com os andares inferiores (comida, sexo, poder) e depois se espalha para os outros andares (sentimento, expressão, comunicação e compreensão).

Viver é gozar, infelizmente nossa ignorância nos faz cometer erros que devem ser pagas. Começa no topo e termina no fundo. Primeiro, ideias que são consideradas triviais (porque são ocultas e secretas) e que introduzirão emoções muito mais pesadas e visíveis.

Isso fará com que o corpo sofra disfunções, doenças. Nós morremos da nossa própria ignorância. É por isso que o orgasmo é tão procurado, porque sabemos instintivamente que ele conserta, reorganiza e restaura o tônus de todos os nossos andares.

É como se a luz estivesse voltando para todos os andares por uma fração de segundo. E por esta simples fração de segundo, o ser humano está pronto a matar, estuprar, destruir, constranger: porque ele sabe que é o Graal e que seu corpo é o cálice!

A busca pelo Graal não está fora de nós. Ele não é um objeto que deve ser encontrado, pois já o temos. Então seja um Indiana Jones, enfrentando seus próprios medos, explorando suas próprias cavernas e evitando o culto das suas crenças obsoletas.

Esteja no mundo real dos mundos que habitam dentro de você, e quando você tiver feito as pazes com cada um deles, em cada andar do foguete, talvez você conseguirá alcançar o sétimo. Sabe, aquele que está no topo da montanha, aquele que está mais próximo do céu!

Vista de cima, a paisagem é linda, mas está friozinho. É por isso que o bom Deus, em sua grande misericórdia, nos forçou um pouco a mão, nos obrigando a caminhar até o topo em pares. Porque todo mundo sabe que duas pessoas se divertem mais do que uma sozinha!

De fato, o caminho é longo, o declive íngreme…. Então dá para conversar um pouco durante o trajeto, e em altitude, com a rarefação do oxigênio, é mais divertido ficar embriagado com alguém. Sem mencionar, claro, que dormindo de conchinha com alguém no mesmo saco de dormir, a noite fica mais quentinha…

O Graal é a fusão, então fusionemos uns com os outros em todos os planos. Através das roupas, da comida, dos corpos, dos sentimentos, das emoções, dos delírios, dos sorrisos, dos pensamentos, dos desejos, dos esforços e das brincadeiras…

Como a vida é linda quando encontramos o nosso companheiro de corda! O único problema é que é raro encontrar o parceiro ideal desde o início. Essa é uma ilusão trombeteada por religiosos solitários … ou pelos desmancha-prazeres que ainda não descobriram o Graal!

Laurent DUREAU

Artigo originalmente publicado no blog 345D no dia 19 de julho 2012. Traduzido do francês.

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*